Sul de Santa Catarina possui três pontos impróprios para banho

1

Na região Sul de Santa Catarina, existem três pontos impróprios para banho. O primeiro ponto foi identificado na praia de Balneário Arroio Silva, um na Prainha do Farol, em Laguna, e o último no Braço morto do Rio Mampituba, em Passo de Torres.  O Instituto do Meio Ambiente (IMA) do Estado realiza diversas vezes ao ano coletas de amostras de água de balneários de Santa Catarina. A Pesquisa de Balneabilidade tem o intuito de analisar as águas de cada praia e determinar se estão próprias ou impróprias para o banho levando em conta se as águas estão contaminadas ou não por esgotos domésticos. A existência de esgoto é verificada por meio da contagem da bactéria Escherichia coli (E.c.) presente nas fezes de animais de sangue quente, que podem colocar em risco a saúde dos banhistas.

Segundo dados das coletas, 85,2% dos pontos estão próprios para banho, nos 500 quilômetros da costa catarinense. A dois meses do início oficial do verão, este é o melhor resultado da pesquisa de 2019.

- Anúncio -

As coletas foram realizadas de 21 a 25 de outubro. A partir de 8 de novembro, os relatórios passam a ser semanais. Durante a alta temporada, de novembro a março, as coletas e resultados são divulgados todas as sextas-feiras. Já de abril a outubro, ocorrem de forma mensal.

Os resultados dependem das amostras coletadas, por tanto as análises poderão mudar de uma coleta para a outra: confira o relatório completo: 

Pontos impróprios: 

  • PRAIA DO ARROIO DO SILVA (Ponto 03) Av. Mondardo – Foz do arroio
  • PRAINHA DO FAROL (Ponto 07) Na entrada da praia
  • BRAÇO MORTO DO RIO MAMPITUBA (Ponto 02)PASSO DE TORRES Próximo à ponte