Servidor público é indiciado por download e impressão de material pornográfico infantil

13

Um servidor público municipal de Criciúma foi indiciado pela Polícia Civil por download e impressão de material pornográfico infantil. Conforme o delegado da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami), Fernando Guzzi, em 2019 foi instaurada sindicância pelo município de Criciúma após a localização, por outros servidores, de fotografias de crianças nuas no posto de trabalho.

Neste ano, com a cópia do processo, a Dpcami realizou a perícia no microcomputador e o cumprimento de busca e apreensão na casa do investigado. “Foram comprovados acessos a sites de pornografia infantil no computador do órgão público onde o investigado trabalhava. Algumas fotografias foram impressas”, informa a Polícia Civil

- Anúncio -

Nos dispositivos eletrônicos apreendidos na casa, também foi identificado acesso a material de pornografia infanto-juvenil. O servidor responderá por crime de aquisição de pornografia infantil, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), com pena de até 4 anos.

“A Polícia Civil ainda realizou investigações no círculo familiar do investigado a fim de descartar a possível prática de crimes sexuais contra vulneráveis. O setor de psicologia da Delegacia de Polícia realizou acolhimento e atendimento psicológico com orientação à família”, conclui o órgão policial.

Fonte: Engeplus

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia