Home Destaque Santa Catarina está há 17 dias com dados sobre a Covid defasados

Santa Catarina está há 17 dias com dados sobre a Covid defasados

Santa Catarina registrou 1.120 novos casos e três mortes por Covid-19 na segunda-feira (27). O Estado também documentou mais 484 pacientes infectados pelo vírus. Os dados, contudo, foram afetados pelo ataque hacker ao sistema do Ministério da Saúde. Desde o dia 10 de dezembro, as informações sobre a evolução da pandemia estão incompletas e defasadas.

Na segunda-feira, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu nota informando que ainda enfrenta problemas com suas bases de dados. O principal afetado é o SIVEP-Gripe, que concentra informações sobre casos graves, hospitalizações e óbitos por Covid-19.

- Advertisement -

Com dados desta segunda, Santa Catarina chegou a 1.240.361 casos confirmados e 20.147 óbitos. O número, no entanto, pode ser maior.

Reflexo direto do problema é que o Mapa de Risco, sistema que engloba os indicadores da pandemia por região, não foi atualizado no último sábado (25). Um novo mapa só deve ser divulgado quando os sistemas forem restabelecidos.

Outra situação foi a ausência no registro de óbitos no último final de semana em Santa Catarina. Conforme a SES, isso também pode ser consequência da falta de atualização dos sistemas.

A SES diz que equipes do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) e da própria secretaria trabalham para restabelecer a conexão com a base de dados do SIVEP-Gripe.

Somente com a conclusão desta etapa é que será possível identificar o total de casos hospitalizados e óbitos que estavam represados.

Ataque comprometeu diversos sistemas

O ataque comprometeu o acesso a diversas plataformas do Ministério da Saúde. Ao entrar no site da pasta, o usuário via uma mensagem do grupo Lapsus$ Group, que assumiu a autoria da ação. O texto dizia que “os dados internos foram apagados ou excluídos”.

 

Com informações do NSCTotal

- Anúncio -