Salvaro retorna à Prefeitura de Criciúma e vai buscar redução na tarifa do esgoto

2

Clésio Salvaro está de volta à Prefeitura de Criciúma. O prefeito ficou licenciado durante dez dias, período que o Paço Municipal Marcos Rovaris esteve aos cuidados de Miri Dagostim (PP). Ele retorna tentando baixar as taxas de esgoto cobradas pela Casan, amparado em uma liminar que valida os serviços da agência reguladora Cisam-Sul.

“Comparado com outros municípios que não são atendidos pela Casan possuem taxas 50% mais baratas. Se aqui ele gasta R$ 90,00, indo morar em Joinville irá pagar uns R$ 48,00. Nós queremos fazer de Criciúma uma cidade competitiva, queremos pagar uma tarifa justa. Esse é um assunto que pode ser tratado pelo prefeito da cidade”, citou.

- Anúncio -

O Cisam-Sul entrou no lugar da Aresc, que conforme Salvaro, não prestava o serviço de forma adequada. “Foram quatro meses de tentativa para que a Casan aceitasse a agência reguladora, a Justiça definiu que ela era capaz e cumpria todos os requisitos. Quando nós tivermos os números, vamos discutir com o governador”, comentou.

É a agência reguladora que determina os valores cobrados pelo tratamento de esgoto e pelo abastecimento de água. A aprovação do novo contratante demorou porque o consórcio não estava, conforme a Casan, associado à Agência Brasileira de Agências de Regulação (ABAR).

Fonte: 4Oito

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia