Prefeitura decreta situação de emergência em Palhoça após incêndio no Parque Estadual Serra do Tabuleiro (VEJA O VIDEO)

2

O incêndio no Parque Estadual Serra do Tabuleiro, em Palhoça, na Grande Florianópolis, fez com que a prefeitura do município decretasse situação de emergência na noite de terça-feira (10), para solicitar reforços no combate. Os trabalhos continuam nesta quarta-feira (11).

Focos de incêndio foram identificados por volta das 9h de terça e o combate seguiu até as 4h desta quarta, segundo os bombeiros. Por volta das 8h30, segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), as chamas voltaram e o combate era feito com apoio do Arcanjo, do Corpo de Bombeiros.

- Anúncio -

Segundo a prefeitura, ainda na terça-feira a Defesa Civil municipal auxiliou os bombeiros no combate às chamas. Dois caminhões hidrojato e equipes da Secretaria Executiva de Saneamento (Samae) também foram deslocadas para o combate.  

 Vegetação ficou queimada em área da Palhoça — Foto: Júlio Ettore/NSC TV

Os bombeiros estimam na manhã desta quarta que a área queimada atingiu entre 2500 m² e 3000 m². Ainda conforme os bombeiros, à noite, a equipe trabalhou mais intensamente para garantir que o fogo não chegasse às residências.

“Agora com a amanhecer iremos reavaliar o cenário e estabelecer novas prioridades de ação”, explica o tenente coronel Cristiano Cardoso, do Corpo de Bombeiros. O helicóptero da corporação deu suporte à operação na tarde de terça.

Nesta manhã, o combate às chamas é feito em uma ação integrada, com o Arcanjo jogando água e, por terra, combate direto com batedores, abafadores, sopradores e bomba costal.

Fogo destruiu parte do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro — Foto: PMA/Divulgação

Incêndio

O incêndio atinge uma área de vegetação entre a praia da Pinheira e a BR-101, na Grande Florianópolis, bem como o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

Segundo os bombeiros, as chamas se espalharam rapidamente pela vegetação rasteira.

O cheiro de fumaça chegou até o Centro de Florianópolis, a quase 50 quilômetros do local do incêndio.

Fonte: G1 SC
Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia