Prefeitos de todo o Brasil foram a Brasilia em busca de recursos do Pré-sal.

5

Prefeitos de todo o Brasil continuam tendo que ir a Brasilia de pires na mão pedir ajuda do governo federal e até mesmo implorar por liberação de recursos de obras paralisadas por falta de pagamento.Entre diversos compromissos com Deputados, Senadores e Ministérios, nos últimos dois dias em Brasília, o prefeito Jorge Koch de Orleans e São Ludgero Ibanês Lembeck  e muitos outros prefeitos do Brasil, tratam de estratégias para votação do projeto, Cessão Onerosa, recursos de leilão que a Petrobras vai realizar dentro da área do Pré-sal na costa brasileira.

Se for aprovado na Câmara e no Senado, os municípios irão receber mais de 11 bilhões, e dentro dessa fatia, Orleans poderá receber R$ 1.500.000,00 (um milhão e meio), nos meses de dezembro 2019 e janeiro de 2020.

- Anúncio -

O prefeito de Orleans permanece na capital federal até quinta-feira (10), com objetivo também de desemperrar recursos de obras que estão paralisadas ou quase paradas em Orleans exatamente por falta de repasse do governo federal. É o caso da obra “Saneamento Básico” (Parada há quase 6 meses) da Fundação Nacional de Saúde  e a creche do Bairro Coloninha (em rítimo lento), por falta de pagamento do governo federal.

Estamos no 10º mês do novo governo, porém ainda não percebemos qualquer mudança na distribuição dos recursos públicos, o que vemos são atrasos nos repasses de recursos e obras paralisadas em todo o Brasil.

Fotos: Facebook prefeito Jorge Koch

Postado por: Gelson Padilha/RCNoticia