Home Destaque Policiais são flagrados agredindo homens durante abordagem em Tubarão

Policiais são flagrados agredindo homens durante abordagem em Tubarão

O 5º Batalhão de Polícia Militar (5ºBPM) de Tubarão determinou a instauração de um inquérito policial militar para apurar a conduta dos policiais envolvidos em uma abordagem feita na noite de sexta-feira (6), no bairro Morrotes, em Tubarão. Na ação, agentes de segurança agridem dois homens durante uma revista. Um deles chega a levar um chute no rosto.

- Advertisement -

A abordagem foi filmada por moradores e se espalharam pelas redes sociais durante o final de semana. Pessoas próximas denunciam o caso como um abuso de autoridade.

Nesta segunda-feira (9), o 5º BPM se posicionou sobre o fato. De acordo com o comunicado feito em vídeo pelo capitão Alan Wiggers, no boletim de ocorrência consta que uma guarnição da Rádio Patrulha da PM flagrou os dois homens empinando uma moto e deu ordem de parada.

No entanto, eles fugiram em manobras perigosas, passando por calçadas, andando na contramão e atravessando cruzamentos. Após alguns minutos de perseguição, os policiais conseguiram interceptar a dupla e realizar a abordagem.

“Ainda segundo consta no boletim de ocorrência, a dupla dificultava a abordagem, não se colocava em posição de abordagem e, com a chegada de apoio, foi feito emprego da força para realizar então a submissão à abordagem e poder realizar a busca pessoal, até para a segurança das guarnições”, explica.

Os policiais lavraram um termo circunstanciado contra os homens por desobediência e resistência. Eles também foram autuados por diversas infrações de trânsito cometidas durante a ação e a motocicleta foi removida.

O 5º BPM afirma que tomou conhecimento das imagens no sábado (7) e logo em seguida determinou a instauração do Inquérito Policial Militar para apurar a conduta dos policiais envolvidos na abordagem. O procedimento deve ser concluído em até 40 dias e, confirmada alguma transgressão, será encaminhado para a Justiça Militar em Florianópolis.

Fonte: Sul Agora

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia

- Anúncio -