Home Destaque Orleans oficializa adesão ao Plano 1000

Orleans oficializa adesão ao Plano 1000

Na tarde desta segunda-feira (7), o prefeito municipal de Orleans Jorge Luiz Koch esteve na capital juntamente com o governador Moises, onde assinou o documento que oficializa a adesão de Orleans ao Plano 1000 do Governo de Santa Catarina. Com a assinatura Orleans será contemplada com 23 milhões de reais, dentro do prazo de 5 anos.

Conforme Jorge Luiz Koch “ Este recurso será revertido em grandes obras de infraestrutura, saúde, educação e desenvolvimento social, que beneficiarão toda a população orleanense e será um marco para o desenvolvimento de importantes projetos para o crescimento do nosso município”.

- Advertisement -

Entre as primeiras ações, está a construção do anel viário e a duplicação da ponte da Coloninha. “Nosso muito obrigado pelo grande investimento na nossa cidade e nos demais municípios, iniciativa que fortalece o municipalismo e que vai permitir a execução de inúmeras obras que vão melhorar a qualidade de vida de todos os catarinenses” finaliza Jorge.

Durante o ato de assinatura o governador Carlos Moises disse “Hoje, nós temos aqui prefeitos das mais diferentes regiões e filiações partidárias. Não existe mais geografia das urnas. Todos receberão os recursos proporcionais à população do seu município. Isso significa tratar de maneira igualitária não apenas a classe política, mas a população de Santa Catarina. Esses valores serão usados em obras que planejem a Santa Catarina do futuro, com mais desenvolvimento e qualidade de vida”.

Além de Orleans outras 17 prefeituras firmaram compromisso com o Governo do Estado nesta segunda-feira, 7, e receberão um valor total de R$ 717 milhões para obras estruturantes ao longo dos próximos cinco anos. Foram contempladas as cidades de Araquari, Barra Velha, Caçador, Capinzal, Dionísio Cerqueira, Gaspar, Imbituba, Indaial, Itapema, Itapoá, Laguna, Pomerode, Rio Negrinho, Seara, Tijucas, Urussanga e Xaxim.

Com o Plano 1000, os municípios catarinenses receberão recursos equivalentes a R$ 1 mil por habitante, conforme a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) para o ano de 2021. A intenção do Plano 1000 é realizar obras que busquem o desenvolvimento futuro de Santa Catarina.

 

 

 

 

Fotos: Peterson Paul / Secom

- Anúncio -