Mulher encontrada morta no Rio Tubarão pode ter sido vítima de homicídio

36

Eronita Freitas da Silva, 47 anos, vítima é do Rio Grande do Sul e residia em Tubarão. Foi encontrada morta na manhã dessa terça-feira, dia 23, no Rio Tubarão, pode ter sido vítima de homicídio. Segundo informações da Polícia Militar (PM) de Tubarão, divulgadas na manhã desta quarta, a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP) estiveram no local, onde havia indícios do crime, como marcas de sangue em um tronco de árvore, no tênis da vítima e no solo.

O corpo foi localizado por volta das 11h45, nas proximidades da ponte do Morrotes, no bairro Oficinas. A guarnição da PM foi acionada via Central Regional de Emergências e ao chegar no local encontrou o corpo dentro do rio. O caso está sob investigação.

- Anúncio -

Fonte: Engeplus e Notisul

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia