Mulher de 45 anos morre vítima de meningite no Hospital São José, em Criciúma

3

Santa Catarina registrou nesta quinta-feira (27) mais uma morte por meningite, a quarta de 2019 no Estado. A mulher de 45 anos era moradora de Cocal do Sul. Contaminada por meningite bacteriana, ela estava internada há uma semana. A mulher chegou a apresentar reação positiva ao tratamento, mas não resistiu e foi a óbito nesta manhã.

Em 2019, Santa Catarina registra 21 registros da doença meningocócica, meningite causada pela bactéria Neisseria meningitidis. O número é considerado dentro do previsto para o período, e a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina acompanha de perto as notificações da doença no estado.

- Anúncio -

A doença meningocócica é rara. Em 2019, houve um caso para cada 350 mil habitantes, aproximadamente. “Sabemos que é uma doença que causa pânico e comoção na população e, com isso, muitas informações desencontradas são divulgadas. O fato é que os casos registrados da doença registradas em Santa Catarina ainda estão dentro do já esperado para o período do ano. Não há surto”, frisa o médico infectologista da DIVE, Fábio Gaudenzi.

Fonte: Notisul

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia