Juiz toma decisão sobre colegas que mataram menino durante bullying

2

O juiz tomou uma decisão sobre os jovens que tiraram a vida de um menino de 13 anos durante um ataque motivado por bullying. No dia 16 de setembro na escola Landmark Middle School na Califórnia nos Estados Unidos os dois colegas de Diego, também com 13 anos, atacaram o garoto com socos em sua cabeça.

Diego acabou caindo e batendo a cabeça contra um pilar de concreto. Ele foi encaminhado para o hospital, mas no dia 25 de setembro não resistiu às agressões e faleceu. Na última quarta-feira (02/10), o juiz determinou que os dois jovens vão responder por homicídio doloso, quando há a intenção de matar.

- Anúncio -

Não foi revelado se os jovens estão presos ou se estão aguardando o julgamento em liberdade. Maiores detalhes sobre eles não foram revelados devido ao fato de que eles têm apenas treze anos.

O triste caso gerou uma grande discussão sobre o bullying nas escolas americanas. Martinrex Kedziora superintendente das escolas da região em que Diego morreu falou sobre as medidas que serão tomadas. “Nossa comunidade está sofrendo demais com essa perda. Em nome de todo o conselho de educação eu quero mandar meus sentimentos para a família”, disse Martinrex.

Ele ainda afirmou: “Nós queremos trabalhar com as famílias para proporcionar um ambiente seguro para os alunos no qual eles possam aprender sem medo”.

Fonte: Notisul

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia