Jovem é preso por armazenar pornografia infantil no Oeste de SC

1

Uma operação realizada nesta quarta-feira (02) prendeu um homem de 23 anos suspeito de armazenar conteúdo de pornografia infantil em notebooks, em Curitibanos. A ação, denominada Nobreak, teve como objetivo apurar o possível crime de ciberpedofilia e envolveu policiais civis da Delegacia de Proteção a Criança (DPCAMI), com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Diretoria de Inteligência e do Instituto Geral de Perícias (IGP).

Os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça. Um homem de 52 anos também foi preso por posse ilegal de arma de fogo. Ele foi liberado após pagamento de fiança.

- Anúncio -

De acordo com a delegada regional de Curitibanos, Roxane Favero Pereira Venturi, as investigações apontavam que o crime de pedofilia estava acontecendo pela internet, com suspeita de arquivos envolvendo pornografia infantil.

A partir da informação, a Polícia Civil representou pelo pedido de busca e apreensão para coletar informações nos computadores e telefones. Foram encontrados na residência diversos aparelhos eletrônicos, unidades de armazenamento externo e uma arma de fogo municiada.

Peritos do IGP realizaram uma pré-análise dos notebooks e encontraram conteúdo de pornografia infantil. O homem de 23 anos foi autuado em flagrante pelo crime de adquirir, possuir ou armazenar material pornográfico envolvendo criança ou adolescente. Os aparelhos eletrônicos foram encaminhados ao IGP para análise completa.

Fonte: Notisul

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia