GOVERNO DE ORLEANS ENTREGA MAIS UMA CASA POPULAR NO BAIRRO ALTO PARANÁ

401

A Administração Municipal de Orleans, através da Secretaria de Assistência Social e Habitação, entregou na tarde desta sexta-feira (26/06) mais uma casa popular.

O prefeito e o vice-prefeito, acompanhados das assistentes sociais, entregaram a casa popular para a família da senhora Viuvete Figueiredo Vieira, residente no bairro de Alto Paraná.

- Anúncio -

A iniciativa faz parte do Programa Habitacional do Município, desenvolvido pela Prefeitura de Orleans por meio das Secretarias de Assistência Social e Habitação, da Infraestrutura e do Departamento de Planejamento, destinado às famílias em estado de vulnerabilidade habitacional.

A casa popular construída na Rua Hugo Carlos Claumann, no bairro Alto Paraná, foi entregue para a senhora Viuvete e para seu esposo Ademir Saturnino Vieira. O casal tem quatro filhos: Kelly Cristian Vieira, Sabrina Aparecida Vieira, Moisés Vieira e Gustavo Junior Vieira.

Vale recordar que no dia 16 de fevereiro de 2016, a residência do casal foi acometida por um deslizamento que invadiu a casa e o neto que, na época, residia com o casal, veio a óbito.

De acordo com a Secretaria de Assistência Social, as casas são de madeira, entregues gratuitamente para famílias cadastradas e que já passaram por avaliação técnica e estudo social pela referida secretaria.

Destaca-se que todas as casas populares entregues até o presente momento pela atual Administração foram construídas com recursos próprios do município, medindo 36 m², contendo dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro no valor de R$ 36.079,03.

“Ver a alegria estampada na face destas pessoas que hoje conquistam o sonho de morar em uma casa digna me emociona e me incentiva a continuar trabalhando muito para melhorar cada vez mais a vida das pessoas”, enfatiza uma das assistentes sociais.

Durante o ato, a senhora Viuvete recebeu das mãos do prefeito e do vice-prefeito a chave da sua nova e merecida residência com o sentimento de alegria e emoção que contagiou a todos.

Em seu pronunciamento, o gestor municipal salientou a importância do programa que visa ajudar as famílias a conquistarem sua casa própria. “É um sentimento de compromisso com essas famílias, em especial desta senhora, que além de ter perdido boa parte da sua casa destruída pela enxurrada, perdeu precocemente seu neto. Enquanto gestores públicos, nosso papel é oportunizar que famílias como essas consigam conquistar sua moradia com dignidade e respeito. Dentro da legalidade estamos fazendo nossa parte investindo nas comunidades e proporcionando um pouco mais de conforto e solidariedade a essas pessoas que necessitam dos serviços públicos”, afirmou o prefeito.

Por fim, a senhora Viuvete assinou o termo de posse da casa nº 178, onde se compromete a não vender, não alugar, ceder, emprestar e tampouco fazer quaisquer tipo de transição do imóvel recebido sob pena de perda da propriedade.

Para reforçar a segurança no local também foram construídos muro de contenção medindo 18 metros e outro muro em “L” com 25 metros de comprimento, investimento da Prefeitura de Orleans em conjunto com a Defesa Civil no valor de R$ 130 mil. Além disso, o local receberá outros sistemas de drenagem.

RECORDANDO O FATO.

Um adolescente de 17 anos, identificado como Octávio Vieira Bressan, faleceu soterrado na noite desta terça-feira após o desabamento da casa em que ele morava em Orleans, no Sul de Santa Catarina.
Conforme informações da Polícia Militar, a forte chuva que caiu na cidade por volta de 20h30min provocou deslizamento de terra na área de encosta onde estava a residência de alvenaria, no bairro Alto Paraná. Além da PM, bombeiros e Samu atendem a ocorrência e ainda trabalham na retirada do corpo do jovem dos escombros. Octávio estaria no banheiro na hora do desabamento e não conseguiu sair a tempo.
Um senhor de 60 anos também estava dentro da residência no momento da queda, mas foi socorrido com vida e encaminhado ao Hospital Santa Otília, em Orleans. De acordo com informações repassadas por vizinhos aos policiais, mais uma pessoa residia na casa, porém ainda não há confirmação de que ela estava no local quando houve o desmoronamento.

Fonte: Facebook oficial da Prefeitura de Orleans

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia