Home Destaque Ex-prefeito de cidade catarinense é condenado a mais de 100 anos de...

Ex-prefeito de cidade catarinense é condenado a mais de 100 anos de prisão

O ex-prefeito de Major Vieira e ex-presidente da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), Orildo Antonio Severgnini, foi condenado a mais de 100 anos de prisão após cometer crimes de peculato, lavagem de dinheiro e fraude a licitação.

Orildo foi preso na mesma operação em que o prefeito e vice-prefeito de Canoinhas foram presos, a Operação Et Pater Filium. Operação do Ministério Público de Santa Catarina, através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

Condenação

- Advertisement -

O ex-prefeito foi condenado em 98 anos e quatro meses de reclusão em regime inicial fechado e mais dois anos e nove meses de detenção em regime inicial aberto.

Seu filho, Marcus Vinicius Brasil Servegnini, foi condenado a mais de 30 anos de prisão pela participação em parte dos crimes.

Crimes

Orildo cometeu crimes de peculato por 134 vezes e de lavagem de dinheiro por 22 vezes, além de fraude a licitação. Pai e filho ainda deverão pagar indenização de R$ 5,7 milhões por danos morais coletivos ao município de Major Vieira.

Fonte: Notisul

- Anúncio -