Home Destaque Criciúma irá realizar testes rápidos aleatórios para estimar prevalência da Covid-19 em...

Criciúma irá realizar testes rápidos aleatórios para estimar prevalência da Covid-19 em moradores

O Governo de Criciúma utilizará uma nova estratégia no combate à Covid-19. Pioneiro em Santa Catarina em um dos primeiros no Brasil, o Município aplicará 500 testes rápidos de forma aleatória, para estimar a prevalência da doença nos moradores, já a partir desta segunda-feira (20). Em parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), a Secretaria de Saúde realizará uma pesquisa científica.

O processo utilizado para elaboração do plano foi amostragem estratificada de bairro, sexo e faixa etária. Os testes serão aplicados em macrorregiões de Criciúma, como Centro, Próspera, Rio Maina, Pinheirinho, Quarta Linha e Santa Luzia. A escolha das casas visitadas foi definida de forma aleatória, após a coleta de dados dos bairros de Criciúma, utilizando o comando de randomização disponível no software de planilha.

- Advertisement -

Os principais objetivos da pesquisa, que teve realização aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Unesc, reconhecido pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep)/Ministério da Saúde, são verificar associações entre variáveis demográficas e positividade para Covid-19, avaliar o perfil epidemiológico da população estudada e identificar associação com comorbidades e morbidade com o exame aplicado.

Segundo o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande, a aplicação dos testes rápidos, baseados na pesquisa elaborada irá contribuir com o melhor controle do novo coronavírus no município e região, dando indicadores de contato prévio e atual da população criciumense. “Estamos há semanas buscando ferramentas para evoluirmos ainda mais na luta contra a Covid-19. Temos plena certeza que a execução desse projeto irá trazer números precisos para nós, fazendo com que tomemos medidas cada vez mais eficazes”, destaca.

A pesquisadora e reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, também enaltece a relevância da aplicação da pesquisa em Criciúma, para o combate do novo Coronavírus. “O resultado do estudo permitirá ainda identificar assintomáticos e relacionar a condição de vida e saúde. É a ciência como apoio à tomada de decisão nas estratégias de intervenção para o controle do coronavírus. Com esses resultados, será possível apoiar decisões mais seguras”.

A realização das coletas será feita por 18 profissionais da saúde de Criciúma, devidamente identificados. Após o recolhimento, a amostragem será encaminhada ao Laboratório Municipal, onde sairão os resultados de casos positivados ou negativados da Covid-19. “Vamos fazer uma força-tarefa durante a semana para realização desses exames e já termos todos os resultados contabilizados na próxima sexta-feira”, destaca a bioquímica responsável técnica e coordenadora do Laboratório Municipal de Criciúma, Andréa Goulart de Oliveira.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, ressalta a importância do estudo realizado e da aplicação dentro do município. “Profissionais capacitados participaram desse processo. Isso é fundamental para termos plena confiança de que nossa cidade está dando um grande passo no combate ao coronavírus”.

Fonte: SulInFoco

Por: Deivis W. Fernandes / RCNoticia

- Anúncio -