Home Destaque Chuva alaga emergência de hospital em Tubarão e pacientes são retirados às...

Chuva alaga emergência de hospital em Tubarão e pacientes são retirados às pressas

Uma chuva que atingiu Santa Catarina na tarde e noite de segunda-feira (28) causou estragos. Em Tubarão, no Sul, a emergência do Hospital Nossa Senhora da Conceição ficou alagada e os pacientes precisaram ser tirados às pressas (veja no vídeo acima). O Oeste do estado também teve danos e há previsão de mais chuva para esta terça (1º).

O hospital informou às 13h52 desta terça que o atendimento na emergência está normalizado. Na noite de segunda, a chuva chegou até o setor, que fica no subsolo. Imagens feitas na hora do alagamento mostram pessoas com os pés dentro d’água ou com os pés em cima de cadeiras para evitar que se molhassem.

Dessa forma, os pacientes foram retirados da emergência e levados para outros setores, principalmente o pronto-atendimento, para que eles ficassem em segurança.

O hospital disse em nota que não houve problemas ou danos aos pacientes e que eles foram atendidos em outros locais da unidade. O estabelecimento faz o levantamento para saber se houve danos materiais, em computadores e outros equipamentos, por exemplo.

Foi feita limpeza e, na manhã desta terça, a emergência estava seca pôde receber pacientes. Porém, como era feita a avaliação dos equipamentos, algumas pessoas ainda foram encaminhadas ao setor de pronto-atendimento.

Além do hospital, Tubarão também registrou outros danos por causa da chuva. A Avenida Marcolino Martins Cabral, a principal da cidade e que fica próxima à unidade de saúde, ficou parcialmente alagada. O telhado de uma loja de departamentos também cedeu e parte do estabelecimento também ficou cheio de água.

Outras ruas também tiveram alagamentos. A Defesa Civil de Tubarão, porém, afirmou que não foi chamada para atendimentos na noite de segunda.

Foto: Nossa Tubarão/Divulgação/ND

Oeste

 

A chuva começou no final da tarde de segunda e Concórdia e Quilombo registraram danos. Em Concórdia, segundo os bombeiros, um dos principais estragos foi na rodoviária. O forro de PVC, que foi reformado há pouco tempo, desabou durante o vendaval. Quase toda a estrutura foi danificada.

Temporal causa estragos no Oeste catarinense

Além disso, árvores caíram e casas foram destelhadas. Doze bairros foram os mais atingidos, entre eles Estados, Vista Alegre, Nações, Renascença, Natureza e São Cristóvão. Os bombeiros levaram lonas para as casas atingidas e moradores também foram até a sede da corporação solicitar o material.

Em Quilombo, os estragos foram mais pontuais. O temporal foi por volta das 16h e, segundo os moradores, além da chuva e do vento, o granizo também apareceu.

A Defesa Civil de Quilombo informou que o local mais atingido foi a Linha Santa Teresina. Além de casas destelhadas, o que chamou atenção foi o reflorestamento de eucalipto, onde várias árvores caíram.

Danos pós-temporal em eucaliptos em Quilombo — Foto: Defesa Civil/Divulgação

Danos pós-temporal em eucaliptos em Quilombo — Foto: Defesa Civil/Divulgação

Conforme o serviço em tempo real das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), entre ConcórdiaChapecó e Quilombo, cerca de 4 mil unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica. Às 14h38 desta terça, eram menos de 200 unidades sem luz na região.

- Anúncio -