Home Geral Beto Cabeludo exonera assessor jurídico da Câmara de Urussanga

Beto Cabeludo exonera assessor jurídico da Câmara de Urussanga

O presidente interino da Câmara de Vereadores de Urussanga, Elson Roberto Ramos (MDB) – mais conhecido como Beto Cabeludo -, exonerou na manhã desta quarta-feira, 15, o assessor jurídico da Câmara, o advogado Filippe Echamendi Possamai.

A motivação, segundo o presidente, é o fato de que o assessor está advogando em defesa do vereador afastado Rozemar Sebastião (Taliano), do PDT, devido a Operação Hera.

- Advertisement -

“Como está advogando com a pessoa física, eu acho que a assessoria jurídica da Câmara tem que ser imparcial e tomei por bem, de iniciativa minha, exonerá-lo”, conta Cabeludo.

Beto ainda afirma que fez o protocolo de exoneração, que o assessor foi notificado pela assistência administrativa e que, agora, faltam somente os trâmites da documentação, mas, ele já não responde mais pela Câmara.

“Sempre preguei transparência e seriedade no meu mandato de vereador.

Então, agora que eu tenho a oportunidade de mostrar transparência, não tem como falar sem botar no papel”, destaca o presidente.

Até o final de dezembro, quem irá comandar a casa é Beto Cabeludo. Segundo ele, ocorre a chance de a Câmara ficar sem assessor jurídico até lá e também não prevê novas mudanças. “A gente só tem mais uma sessão e depois entra o recesso.

Estou conversando com a parte administrativa para ver qual a necessidade que tem o jurídico.

Só não tomei ainda a posição de colocar ou não, justamente porque eu estou vendo se realmente se vai precisar, porque pode economizar esse valor”, explica. “A princípio seria isso. Cada dia dia talvez eu tenha que ter uma posição nova. Mas a princípio era só a exoneração do jurídico”, conclui.

Fonte: Tnsul

- Anúncio -